domingo, 29 de dezembro de 2019

Você não pode matar


Quem nunca escutou essa frase: "Você não pode matar".

Todos nós, em algum momento das nossas vidas, já ouvimos essa frase; Seja por nossos pais, avós, professores, amigos... é difícil existir alguém que nunca tenha escutado essa frase desde quando era criança.

Mateus, tinha 10 anos quando foi visitar o sítio do seu avô. Aproveitou o espaço para brincar, correr, pular... 
Ao ver uma ninhada de pintinhos bem felizes e animados, resolveu correr até eles pois aquela cena num primeiro momento lhe chamou a atenção mas logo lhe incomodou. Resolveu correr até os pintinhos e espantá-los com gritos e gestos bruscos mas acabou pisando em um.  
Seu avô viu a cena e correu para tentar socorrer o pintinho machucado com o pisão do neto. 

- Garoto, porque você fez isso? Você não sabe que não pode matar!?  Você fez isso por maldade ou foi um acidente?
Disse em alto e bom som.

Mateus já tinha escutado aquela frase de forma diferente, pela sua professora da escola bíblica dominical. Era um dos mandamentos do Deus todo poderoso que dizia "Não matarás"

Por um momento, Mateus ficou quieto, em choque, porque se deu conta do erro que cometeu... pediu desculpas ao avô, disse que foi um acidente, mas infelizmente já era tarde demais.

Essa pequena história nos mostra como o ser humano tende a matar, seja por que quer, por acidente ou para se defender.

Você mata por acidente quando nem se dá conta que matou. Um exemplo clássico é que você mata formigas ao caminhar... você não as vê, porque elas são pequenas e silenciosas.

Você mata porque quer quando você sente prazer nisso. É comum vermos caçadores matando animais, psicopatas matando outras pessoas.

Você mata pra se defender quando você ou alguém que você ama está em perigo. Num assalto por exemplo, em luta corporal você consegue pegar a arma do bandido e você atira nele: é o que chamamos de legítima defesa.

E você ainda pode matar de outras formas: 

  • Pelo jeito que você fala com alguém (a pessoa pode ficar magoada com você)
  • Pelo jeito que você trata alguém (com estupidez, falta de amor ao próximo) 
  • E até pelo fato de você ignorar alguém (quando você não dá ouvidos para o que a pessoa tem a te dizer, não lhe dá a devida atenção) etc.


Como você pode perceber no texto, podemos matar de diversas maneiras. Não só outros seres como a nós mesmos. 

Sim, infelizmente você tende a se matar quando deixa de cuidar de você: quando você não come bem, quando não faz exercícios, quando dá ouvidos a pessoas tóxicas, quando dá atenção a pensamentos malignos... 

Quando Deus disse que não devemos matar, tudo isto está relacionado.  

Enfatizo que a frase em questão é uma ordem escrita pelo próprio Deus: Não mate.


A reflexão de hoje é justamente essa: Mude, não mate mais!

Pare de matar as pessoas com suas palavras depressivas,
Pare de matar as pessoas com suas atitudes mesquinhas,
Pare de matar as pessoas com sua inveja, ódio, rancor, por falta de perdão,
Pare de matar quem você ama.
Pare de matar a si mesmo! 

Não estou dizendo aqui para você ficar paranoico em não matar nada, não é isso. As vezes, matar é necessário: 
  • Por questão de sobrevivência: pescar um peixe, assar um frango... são animais que nós usamos para nos alimentar. 
  • Por incômodo: formigas querendo comer seu açúcar, carapanãs zunindo seus ouvidos etc.  


A vida é uma dádiva divina. Cuide bem da sua e de quem quer que passe pelo seu caminho.

Autor: Alex Rudson


quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Filha adotada com 17 anos faz linda declaração de amor para sua mãe


O amor de mãe e filho definitivamente vai além dos laços de sangue. É a conclusão que você chega conhecendo a história da Michelle e da Eliana.
Eliana vivia em um abrigo em Salvador e teria que deixar o local quando completasse 18 anos, mas antes disso ela ganhou um lar e uma mãe. “Nem eu esperava mais por isso”, confessou a garota.
Morando em Nova York, Michelle precisou criar uma estrutura em Salvador para cuidar da filha. “Mudei minha vida toda, estabeleci uma casa em Salvador, abri umas empresas para que pudesse ter renda e a adotei”, relatou Michelle.
Por causa de todo esse esforço da mãe para tê-la como filha, Eliana constantemente faz declarações lindas que Michelle dividiu com a gente e que encheram os nossos corações de amor. “Eu te amo tanto, mais tanto que eu morreria por você se preciso for. Eu te amo como se eu tivesse nascido de você. Te amo mais que a mim mesma”, relatou para a mãe.

---------------------
Meu comentário:
história muito emocionante! Eu gostaria muito de adotar mais duas crianças, apesar de ja ter dois filhos maravilhosos que eu e minha esposa fizemos. Sei que existem muitas crianças precisando de um lar, mas a burocracia é tanta que fica bem complicado adotar, ainda mais que tem um orçamento apertado, vivendo ainda de aluguel... mas nossa hora vai chegar. Eu sonho que um dia o Mercado Rentável vai nos trazer renda suficiente para ajudar os mais necessitados. Com fé em Deus e perseverança chegaremos lá!
Alex Rudson


segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

"Deus te ama do jeito que você é, mas o Evangelho exige mudança", diz ex-gay



Deus ama o pecador mas abomina o pecado. Jesus quer salvar todos, mas essa decisão é uma escolha que deve ser feita por cada um de nós. Temos liberdade agora, mas nosso destino pós-morte terrena depende das escolhas que fazemos aqui e agora. Ninguém é perfeito, Deus sabe muito bem disso, mas temos que tentar viver o mais próximo possível da vontade DEle. As pessoas só pensam viver o aqui e o agora, não se preocupam que se o inferno realmente existe ou não. Pessoas inteligentes não pagam pra ver! Pessoas inteligentes confiam em quem venceu a morte e a história, a Bíblia, e fatos científicos comprovam que só Jesus conseguiu voltar dentre os mortos! Nem Maria, a mãe dele voltou, nem seus apóstolos ou santos, somente Jesus!! Só dá pra confiar em Jesus e mais ninguém! Se vc sabe disso e mesmo assim teima em não segui-lo, perante Deus, vc está negando sua própria salvação!! Entenda uma coisa: depois q vc morrer, já era, não vai dar pra se arrepender!! Será sofrimento eterno (eterno significa pra sempre, sem interrupções)!! Deus é mal? não! Ele tá te avisando constantemente!! Vc é que teimoso(a) e não vê que vc corre sérios riscos de ir pro inferno se quiser viver mais um dia sem Jesus Cristo! Venha pra Jesus enquanto é tempo, vc não tem controle sobre seu futuro, só o aqui e o agora! A hora é agora, aceite Jesus como seu Salvador nesse exato momento! Peça perdão e misericórdia pelos seus pecados, peça para que Ele te aceite e te ajude a viver conforme a vontade DEle! Não brinque com a sua vida!!



sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção

Quando foi a última vez que você brincou de ser Sherlock Holmes? Em nossa vida cotidiana, temos poucas ocasiões em que podemos fazer isso, a menos que nos seja dada a tarefa de descobrir onde perdemos nosso cachecol favorito ou quem levou nossa xícara no escritório. Mas, às vezes, nós realmente queremos comprovar do que nosso cérebro é capaz.
No Incrível.club criamos 10 enigmas em imagens dedicadas à lógica e à atenção. Dê uma olhada no que preparamos e veja se você tem esse espírito incansável de encontrar soluções para diferentes enigmas. Você encontrará as respostas no final deste post, além de um bônus peculiar.

1. Começamos com um simples aquecimento. Veja a imagem

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Dois caçadores furtivos estão caçando um cervo. Ele passou diante de seus olhos, mas desapareceu de vista. Os caçadores o perseguiram, mas não o acharam. No entanto, ele não foi longe. Você será capaz de encontrá-lo?

2. Algo um pouco mais complicado. Um encontro na rua

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Duas amigas se encontraram, casualmente, na rua.
— “Oi, Alicia. Pra onde você vai?”
— “Vou ao número 23”, disse Alicia. “E você vai aonde, Paola?”
— “Estava com minha amiga Silvia, que mora no número 7”, respondeu Paola.
Agora responda:
1. Qual delas é Paola e quem é Alicia?
2. Aonde vai a garota de cabelo curto?

3. Quem é a dona da gata Filipina?

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Na foto vemos três amigas: Elena, Maria e Irene. Todas elas estão apaixonadas pela gata, mas quem é sua dona?

4. O passeio dos meninos

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
No caminho, encontramos 5 meninos. Um deles se chama Miguel e está numa extremidade. Se Bárbara fosse para o lado de Máximo, então Gregório estaria ao lado de seu xará. A pergunta é a seguinte: quem é quem?

5. Senhoras idosas com regadores

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Duas velhas amigas foram ao rio buscar água para regar suas plantas. Qual delas irá irrigar seu jardim com mais água?

6. Para onde vai o trem?

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Na imagem, você vê uma parte da ferrovia Leste-Oeste (hemisfério norte). Aqui, a direção da pista coincide com a direção da seta mostrada acima: as extremidades da seta apontam para o oeste e para o leste. Olhando para a imagem, responda:
1. Para onde vai o trem: para oeste ou para o leste?
2. Pela imagem, qual é a época do ano?
3. Qual é a profissão da garota que aparece na imagem?

7. Mais complicado ainda: você tem que encontrar todas as imprecisões da imagem. Antecipamos que são 16.

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Olhe atentamente para os pequenos detalhes e você conseguirá.

8. A vida numa realidade pós-apocalíptica

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Olhe cuidadosamente a imagem e responda às seguintes perguntas:
1. Quantas pessoas vivem no acampamento?
2. Há quanto tempo estão vivendo neste lugar?
3. O rio próximo do acampamento é profundo?
4. A imagem mostra quatro pessoas. O que cada uma delas faz?
5. Quem mais, exceto estes jovens, conseguiu sobreviver após o apocalipse?
6. O barco está com a proa a montante ou vice-versa?

9. Enigma sobre o pai e o filho

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Olhe cuidadosamente a imagem e responda às perguntas como no enigma anterior:
1. Qual é a profissão do pai?
2. Em que época do ano e mês estão?
3. Há mais crianças na família?
4. Em que ano isso está se passando?

10. E agora a tarefa mais complicada: encontre 8 diferenças entre estas duas imagens

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção

Respostas

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção

1. Caçadores azarados

Observe atentamente a parte direita da imagem. Você vê o cervo escondido entre os galhos?
Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção

2. Um encontro na rua

1. Alicia é a garota de cabelo curto. Por quê? Preste atenção ao número da casa na imagem: 19. Se alguém vai do primeiro edifício na rua, as casas ímpares estarão no lado esquerdo. A garota de cabelos curtos vai para as casas com números mais altos. 23 é mais que 19, o que significa que esta é Alicia.
2. Alicia vai ao grupo de teatro. E se não fosse assim, aonde ela iria com um violino, uma espada e um cetro ao mesmo tempo?

3. A gata Filipina

A dona da gata Filipina é a garota que usa legging. As outras duas têm as meias rasgadas, tanto atrás quanto na frente, fruto, provavelmente, das brincadeiras do gato e da falta de experiência em tratar os felinos dos amigos, enquanto a dona já sabe do que sua gata é capaz evitando-o com uma roupa mais resistente.

4. O passeio dos meninos

Então, nesta ordem: Miguel, Máximo, Gregório, Bárbara e Gregório.

5. Senhoras idosas com regadores

Embora o regador de uma das mulheres seja maior, o bocal do outro é mais acima. A água não pode estar, fisicamente, acima do bocal do regador (de acordo com a lei dos vasos comunicantes). Assim, a mulher idosa à direita trará mais água para o seu jardim.

6. O trem leste-oeste

1. A neve ainda não derreteu, está na encosta norte. Portanto, o trem se move de oeste para leste.
2. A época do ano, primavera: a neve está derretendo.
3. Uma menina segura uma bengala em suas mãos e, ao lado dela, observamos um cachorro. Muito provavelmente, conforme suas roupas, ela seja uma pastora.

7. Imagem com a casa

1. As casas com o número zero não existem.
2. O vento sopra em diferentes direções: a fumaça da chaminé vai em uma e as árvores se dobram para outra.
3. Não está claro que época do ano é mostrada na imagem: algumas árvores têm folhas, enquanto outras não.
4. O cavalo tem uma sela, mas não tem jugo (a peça para atrelar ao arado).
5. O cavalo ara na direção oposta (isto é, vai para onde já foi arado).
6. O cavalo ara sozinho (não vemos nenhuma pessoa sustentando o arado).
7. A casa tem uma escada (umbral), mas sem porta.
8. As cortinas na janela estão para o lado de fora.
9. O pinheiro tem um ramo com folhas de outro tipo de árvore.
10. A sombra da pessoa cai numa direção e a do cachorro, em outra.
11. A sombra da casa não tem telhado nem chaminé.
12. O portão da cerca tem 5 tábuas verticais, mas apenas quatro delas projetam uma sombra.
13. Um carrinho com feno no fundo é significativamente mais alto que a altura de uma pessoa.
14. As estrelas são visíveis quase ao meio-dia.
15. Uma das ovelhas não tem pata.
16. As folhas da bétula não são de bétula, mas de um zimbro.

8. Pós-apocalipse

1. Se você olhar para a lista que está pendurada na árvore, pode entender que há 6 pessoas no total.
2. Perto da tenda, uma aranha fez uma teia, o que significa que já faz pelo menos vários dias.
3. Um homem no barco mede a profundidade do rio com uma vara longa, o que nos permite saber que não é muito profundo.
4. Dois almoçam, o terceiro verifica a profundidade do rio, o quarto está pescando
5. No mínimo, um caracol, uma aranha e os pássaros.
6. A julgar pela forma como a água se dispersa na proa, o barco está contra a corrente.

9. Pai e filho

1. No canto você pode ver uma aparelhagem de DJ. Além disso, o pai parece um hipster, o que indica que ele trabalha como DJ.
2. A julgar pela flor-do-natal na janela, tudo indica que é inverno, o mês é dezembro.
3. Observamos um berço em um canto e no sofá os brinquedos, que obviamente não pertencem à criança, o que significa que a família tem um bebê.
4. Na mesa, há um novo spinner com sua embalagem, assim podemos deduzir que o ano é 2017.

10. A galinha e a aranha

Esperamos que você não demore: as diferenças são as oito pernas faltando na aranha à direita.

Bônus: encontre o erro nesta imagem

Este teste de imagens colocará à prova seu nível de lógica e atenção
Você conseguiu encontrar?

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

VALE A PENA SE ARRISCAR COM TEMAS, PLUGINS E SCRIPTS PIRATAS (NULLED)?

É difícil citarmos um canto da internet onde a pirataria não exista e também é raro um usuário que nunca tenha feito download de um torrent, usando crack naquele jogo caro ou pego as músicas das suas bandas favoritas.
A criação de serviços como Netflix e Spotify trazendo acesso a bibliotecas enormes de conteúdo stream por um valor acessível trouxeram avanços significativos, mas não estamos e dificilmente chegaremos a extinção total da pirataria.
Não é novidades que os mercados de códigos – portais, agencias ou desenvolvedores que comercializam seus scritps – já sofrem com a divulgação imprópria dos seus produtos a muito tempo, mesmo com as técnicas de criptografia ou acessos por licenças que são implementadas.
A Cyber Week já começou! Aproveite os melhores preços: a partir de R$ 19,99 cada.
Arquivos Nulled são produtos digitais pagos que, caso haja barreiras por licença ou qualquer validação, recebem alterações para poderem ser usados normalmente. Os plugins e temas premium WordPress são vastamente publicados em diversos, inclusive catalogados por categoria.

EXISTE VANTAGEM?

Eu admito que já procurei e instalei arquivos nulled, quase todos relacionados ao WordPress, mas sempre em um ambiente de teste que não tivesse acesso aberto.
O motivo e a única vantagem é ter acesso para avaliar o código desses produtos e não acabar comprando algo que não irá me atender já que a maioria dos meus clientes procura serviços customizados ou integrações.
Dificilmente os desenvolvedores fornecem o acesso de código e fica difícil ter uma avaliação profissional apenas pela demonstração – live demo ­-, até porque não dá para saber se a versão que eles apresentam será a mesma que você receberá.

PRIMEIRO PROBLEMA

O primeiro desafio é achar um portal “confiável” para pegar os arquivos nulled sem que venha com algum malware, vírus, alterações graves no código, scripts que enviam dados para quem divulgou (seu ip, senhas e etc). Enfim, nada que vá prejudicar o seu computador ou – se for corajoso – o servidor que está o seu WordPress.
Um exemplo desses portais que colocam alguns códigos maliciosos ou alteram arquivos para incluir o nome do portal é o WP Locker.
Antes mesmo de pensar em baixar os arquivos de um tema, você já se depara com uma lista de links para download que a cada click abrem mais duzentas páginas de ad’s.
Até o link da demonstração te leva para uma página de anúncio.
Sem contar as páginas com conteúdo caliente e com links mais do que duvidosos.
Por fim, com o download feito, você encontra arquivos do portal dentro da compactação. Um alerta bem claro de que o código com certeza foi alterado.
Isso que o WP Locker é um dos menos piores e com menos riscos, pois com sorte você consegue achar algo que não vá bagunçar o seu navegador ou a sua máquina sem nem chegar a instalar.

SEGURANÇA TEM UM PREÇO

Até mesmo no mundo dos piratas a segurança e acesso a conteúdo confiável tem um preço. O único portal de scripts nulled ­– apesar de publicar outros conteúdos pagos de diversas áreas – com o qual não tive problemas e pude testar tranquilamente os códigos antes de compra-los se chama GFXTRA – https://www.gfxtra.com/.
Só que todos os arquivos são hospedados em um serviço de armazenamento – FILENEXT – e configurados para que somente usuários premium desse serviço possam efetuar o download, ou seja você precisará pagar a assinatura que custa $18 por mês.
Eu até entendo, e você entenderá se chegar a acessar o GFXTRA, que é tentador ter todo essa matéria por 18 dólares quando um tema pode variar entre $49 e $69.

UM TIRO NO PÉ

Iniciantes ou veteranos, programadores, ou seja, qual o seu perfil saiba que no final das contas é um grande tiro no seu negócio utilizar comercialmente esses arquivos nulled.
Posso listar inúmeras situações que te farão se arrepender muito de economizar no projeto do seu cliente ou no seu.
Lembre-se que comprando com o desenvolvedor você tem atualizações constantes, melhorias e novas funcionalidades – seja temas ou plugins – que com certeza seria um enorme trabalho para ser feito sozinho ou acabar nunca mais encontrando um nulled atualizado, deixando o seu projeto quebrar e gastando em dobro.
A pior situação é o seu cliente ou alguém do ramo descobrir a falcatrua e manchar a sua imagem, possivelmente perdendo bons negócios. Sites como WHAT THEME IS THAT, por exemplo, mostra o que você utiliza em determinada instalação WordPress e um scritp nulled aparecerá facilmente.
Calcule corretamente os valores que você cobrará ou o investimento que tem para o projeto já contanto com o custo de códigos comprados, no final das contas você o que importa é sempre ter menos dor de cabeça ao invés de querer só lucrar.

Já teve algum problema com sites nulled? Conta nos comentários e aproveita para indicar a URL, assim outras pessoas podem evitar o acesso.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

E-books gratuitos para download


Quero compartilhar com vocês alguns e-books que estou formatando e compartilhando gratuitamente com o intuito de promover meu marketing de conteúdo, espero que gostem.

Pasta atualizada em 04/12/19

Vou atualizar essa pasta praticamente todos os dias, então, você pode acessar este post pelo menos uma vez na semana para conferir as novidades. Quando eu atualizar a pasta, mudarei a data informada acima.


Bom proveito!

Alex Rudson

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Capz

O que é CAPZ afinal??

É um programa de pontos de fidelidade digital que não expiram, conectado a uma carteira de produtos financeiros completos.





Sua rede é uma poderosa ferramenta e nós valorizamos muito isso! Convide seus amigos para se cadastrar através do seu convite. Você recebe 1 ponto CAPZ para cada pessoa que fizer o cadastro com o seu convite.

Veja alguns prêmios que esperam por você!



Junte-se a nossa comunidade CAPZ agora!

Link de convite:
https://www.mycapz.com/pt-br/?referrer_token=f5bbd834-15f9-11ea-a58a-7c57bbced0e9

meseems



Ao responder as interações, você ganha Seems, que podem ser convertidos por prêmios (como recarga de celular pré-pago, ingresso de cinema e muito mais) na nossa loja do MeSeems.

Importante que não seja ansioso, vai demorar um pouco para chegar no seu primeiro MegaSeems (que equivalem 1 mil Seems).

Ah, o MeSeems é uma empresa séria, que existe desde 2013 e já distribuiu milhares de prêmios, realmente funciona!


Use meu código promocional do MeSeems para se cadastrar na maior rede social de opinião do Brasil. Você acumula pontos respondendo pesquisas e troca por prêmios em produtos e serviços! Para aceitar e já ganhar pontos, insira o código "vqins" ao se cadastrar, ou utilize o link: https://meseems.com.br/invite/vqins

Amor próprio


Não sei quem é esse rapaz, peguei esse vídeo do Facebook e resolvi postar aqui porque podemos fazer uma ótima reflexão sobre ele.
Esse vídeo retrata muito bem o amor próprio que cada um de nós devemos ter por nós mesmos. Vc pode estar sozinho, se sentir sozinho, mas se vc nunca desistir de vc, em determinado momento, vc não estará mais só!
Vc percebeu como as pessoas vieram parabenizar o rapaz? Por ser algo incomum, as pessoas perceberam que ele estava sozinho, mas feliz mesmo assim! Isso é muito importante, vc se sentir bem consigo mesmo. Vc precisa se amar, se aceitar primeiro antes de esperar que outros te amem também. Seu estado de espírito faz toda a diferença para combater a tristeza, a depressão, a ansiedade.
Lembre-se: VC é importante, vc não veio a este mundo por acaso, Deus tem planos maravilhosos para a sua vida! Ame-se, cuide-se, viva da melhor forma possível. Queira bem o teu próximo, assim como vc quer estar bem consigo mesmo. A vida é a maior dádiva que o Criador nos concedeu, aproveite-a bem, usufrua dos dons que Deus te deu, ache o seu lugar neste mundo e some com o seu potencial para termos um mundo melhor para todos!
Devemos contar sempre com quem nos deu o sopro da vida: DEUS.


Alex Rudson

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


1. O QUE É A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER?
Violência contra a mulher são diversos tipos de violência – desde assédio moral até homicídio – que se manifestam contra ela porque ela é mulher. É uma forma de violência de gênero, ou seja, quando uma pessoa é agredida por ser – mulher. Esses crimes são a maior maneira de violar os direitos humanos da mulher, sua integridade física, psicológica e moral.

Tais violências são cometidas por vários motivos, de ordem social – configuração do patriarcado –, cultural, religiosa em todo o mundo. O maior tipo de violência contra a mulher não é realizada em público – como acontece com os homens, que agem de maneira violenta entre si publicamente –, mas sim em âmbito privado. Principalmente cometida por pessoas que a mulher conhece, como parentes, amigos, cônjuges ou pessoas com quem ela se relaciona.

2. POR QUE A VIOLÊNCIA ACONTECE?
Porque não obedeceu ao pai, ao marido. Porque não gostou da cantada – na verdade assédio – que recebeu na rua e foi confrontar. Porque alguém se sentiu no direito de assediá-la na rua por conta do comprimento da sua saia. Porque alguém sentiu o direito de forçá-la a fazer sexo contra a sua vontade e consentimento. Porque não aceita ser submissa, quer sair para estudar, trabalhar, ser independente.

3. COMO A VIOLÊNCIA IMPACTA NA VIDA DA MULHER?
A violência sofrida pela mulher pode refletir em numerosos traumas e doenças durante sua vida. Em fatos sutis, como não se sentir apta a estudar porque é considerada inferior, a buscar um futuro melhor ou ir em busca de independência. Pode gerar incapacidades, como a de não conseguir expressar suas opiniões na casa da família, ser silenciada frente a outras pessoas ou menosprezada por ser mulher. Tudo isso é reflexo da violência.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstra a necessidade em descobrir os autores dos crimes cometidos contra as mulheres, a fim de criar um ambiente melhor para a vida feminina. O impacto da violência da saúde pode ser demonstrado também por doenças como depressão, ansiedade, estresse pós-traumático, suicídios, gravidez indesejada, resultados adversos nos bebês, transmissão de infecções e aids.

Desde 1979, a ONU criou a Convenção das Nações Unidas sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres, que foi assinada pelo Brasil e por diversos países que assumiram tal compromisso. Todas as formas de violência contra a mulher são prejudiciais para o desenvolvimento da mulher em diversos âmbitos.

4. POR QUE ESSE ASSUNTO É TÃO RELEVANTE E TEM DE SER COMBATIDO?

1 em cada 3 mulheres já foi violentada física ou sexualmente pelos seus parceiros.

Segundo um relatório da OMS, que fez um mapeamento de violência contra a mulher de 2011 a 2015 em 133 países, uma em cada três mulheres já sofreu violência física e/ou sexual por parte de seus parceiros. Além disso, 7% das mulheres foram alvo de violência sexual por desconhecidos – ou seja, foram estupradas por estranhos – e 50% delas se envolveram em uma disputa física com seus companheiros. O objetivo desse relatório da OMS é colocar a violência contra a mulher como um problema de saúde pública.

O informe da OMS diz que as mulheres que são violentadas normalmente usam mais os serviços de saúde do que as que não são abusadas.  Além disso, afirmam que com muita frequência, instituições de saúde demoram a reconhecer e lidar com esse tipo de violência.

5. QUAIS SÃO OS TIPOS DE AGRESSÃO QUE A MULHER SOFRE?
Violência moral
Entende-se violência moral como formas de humilhação, xingamentos e desprezo quanto à mulher. Seja caluniar – falar mentiras a seu respeito –, difamar – querer denegrir sua imagem – ou falar injúrias.

Violência psicológica
Qualquer ato e fala que vise a desequilibrar a mulher emocional e psicologicamente representa um caso de violência contra a mulher. Diminuir sua auto-estima, controlar o que ela faz ou deixa de fazer e suas decisões. Essas atitudes que violentam a mulher acontecem por meio de ameaça, humilhação, isolamento, vigilância constante, insulto, chantagem, ridicularização, ou seja, atitudes que podem prejudicar sua saúde mental.

Existe também o gaslighting, quando um homem utiliza dessas manipulações para fazer a mulher se sentir louca ou desequilibrada, fazendo-a duvidar de seus pensamentos e posicionamentos. É uma maneira de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

Violência física
Todo e qualquer ato que vise a reprimir a mulher utilizando a força física. Os casos podem variar de puxões no braço dela e empurrões, até socos e espancamentos. As consequências psicológicas são evidentes: como medo – inclusive de denunciar –, insegurança e isolamento. As consequências físicas podem causar hematomas, quebrar ossos, causar fraturas, provocar sangramentos internos (hemorragias) e até causar sua morte. No caso, não seria “apenas” um homicídio, mas sim feminicídio – entenda mais no parágrafo abaixo.

Feminicídio
A cada hora, uma mulher é assassinada no Brasil.

É o homicídio intencional de pessoa do sexo feminino “por conta da condição de sexo feminino”. Logo, é quando alguém comete um homicídio contra uma mulher porque ela é mulher. É considerado feminicídio o crime em que estiver envolvida a violência familiar e doméstica; o menosprezo e a discriminação à condição de mulher. Isso porque 35% dos homicídios de mulheres no mundo são cometidos por seus parceiros – de acordo com a Organização Mundial da Saúde – e outros dados alarmantes levantados pela ONU.

É considerado um crime hediondo, ou seja, o Estado entende como crime mais grave, mais cruel. A lei 13.104, conhecida como a Lei do Feminicídio, tipifica de um crime de discriminação, de preconceito e menosprezo da condição feminina. Foi sancionada pela ex-presidente Dilma Rousseff e entrou em vigor em 2015. Fez mudanças no Código Penal, como estabelecer agravante de pena para a pessoa que cometer feminicídio – estabelecida no inciso 7 do artigo 121 do Código. A pena pode ser aumentada em 1/3 dependendo da condição em que o crime for praticado, como nos casos a seguir:

Se for realizado durante a gravidez ou nos 3 meses após o parto;
Contra mulheres com menos de 14 e mais de 60 anos;
Contra mulheres com deficiência;
Na presença de parente ascendente ou descendente – da mãe ou da filha da vítima, por exemplo.
A urgência em existir tal lei se deve ao fato de que a cada uma hora, uma mulher é assassinada no Brasil – segundo dados do Instituto Avante. Quase metade desses homicídios ocorre por conta da violência doméstica ou familiar, por uso de arma de fogo; 34% são cometidos com objetos cortantes, como faca; e 7% são feitos por asfixia ou estrangulamento.

Violência sexual

São atos ou tentativas de relação sexual de qualquer natureza sem o consentimento da mulher – e normalmente feitos de maneiras violenta ou sob coação. São cometidas, principalmente por conta da cultura do estupro, que silencia e relativiza a violência sexual contra a mulher. Violência sexual é abuso, assédio e estupro. Pode ser cometida tanto por pessoas desconhecidas como por pessoas conhecidas – segundo o Ipea, 70% dos estupros são realizados por conhecidos da vítima ou com quem mantém algum tipo de relacionamento –, dentro de namoros, casamentos e relações sociais. Os atos englobam quaisquer tipos de relação sexual até, por exemplo, proibir a de mulher utilizar anticoncepcionais, não utilizar contraceptivos contra a vontade dela, obrigá-la ou impedi-la de abortar.

Violência doméstica
Um dos tipos mais cruéis de violência contra a mulher, pois normalmente engloba todos os tipos de violência citados acima. É um tipo de violência velada ou explícita que acontece, literalmente, dentro de casa. Importante salientar que violência doméstica pode acometer tanto mulheres como homens, assim como ser cometida por pessoas de ambos os sexos. Em se tratando de violência doméstica contra a mulher, ela acontece em quaisquer faixas etárias, podendo ser quando ela é criança e/ou adolescente, quando é adulta ou até mesmo idosa. Quem a comete pode ser naturalmente parente da vítima – pai, irmão, primo, tio – como ter parentesco civil – marido, sogro, padrasto.

É comum ouvir o ditado “em briga de marido e mulher não se mete a colher”, como numa tentativa de deslegitimar a mulher que denuncia o abuso que sofre. Segundo dados do Instituto Avon com Ipsos – Percepções sobre a violência doméstica contra a mulher, 2 milhões de mulheres no Brasil são vítimas desses abusos a cada ano. A pesquisa também revela que apenas 63% delas denunciam a agressão. O medo em denunciar pode partir tanto do desamparo financeiro que talvez a mulher sofra, como o marido ameaçar tirar seus filhos dela, ou até por conta de ameaças de morte.


6. COMO DENUNCIAR VIOLÊNCIA COMETIDA CONTRA UMA MULHER?
O primeiro passo da denúncia é ligar para o número 180. Por meio dele, a mulher entrará em contato com uma central telefônica de atendimento às vítimas, que dará a orientação para as mulheres poderem buscar apoio e explicará os passos que devem ser tomados para resolver o problema. O “Disque 180” foi criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres. As brasileiras podem denunciar agressões de quaisquer tipos. O serviço é gratuito, como qualquer serviço de emergência e urgência, e funciona 24 horas em todos os dias da semana.

Criado em 2005, depois de 10 anos de funcionamento, o serviço de denúncias de agressões contra mulheres chegou aos 5 milhões de atendimentos. Há tanto denúncias sobre violências sofridas, como encaminhamentos aos órgãos competentes para tomar atitudes sobre tais ações ou direcionamento a outras linhas telefônicas competentes, como Polícia Militar, Polícia Civil ou Secretaria de Direitos Humanos, o disque 100.

Lei Maria da Penha
A Lei 11.340 é popularmente conhecida por Lei Maria da Penha, em homenagem à mulher que sofreu violência doméstica por anos e lutou para a aprovação de alguma medida que coibisse essa atitude. Maria da Penha Maia Fernandes ficou paraplégica devido a um tiro que levou do marido, que tentou matá-la novamente após esse crime.

Maria da Penha travou uma verdadeira batalha judicial desde 1983 contra seu agressor, a fim de que ele fosse condenado. Depois de vários entraves no processo, em 2001, o caso foi levado à Corte Interamericana de Direitos Humanos e o Estado brasileiro foi condenado por omissão, negligência e tolerância perante violência doméstica contra mulheres.

Dentre as várias imposições que a Corte impôs ao governo brasileiro, uma delas foi a criação de políticas públicas que visassem à proteção da mulher e facilitassem a denúncia de agressões. Dessa forma, a Lei Maria da Penha foi criada em 2006 no Congresso Nacional, por unanimidade e já foi considerada pela ONU como a terceira melhor lei contra a violência doméstica no mundo. Apesar de ainda existirem obstáculos para as denúncias contra agressões, entre os anos de 2006 e 2013 o número de denúncias aumentou em 600%.

Os principais pontos positivos da criação da Lei Maria da Penha foram:

A possibilidade de o agressor ser preso em flagrante ou ficar em prisão preventiva, logo após a denúncia da mulher;
A violência contra a mulher ser um agravante de pena, ou seja, aumenta a possibilidade de uma pena maior ao agressor;
A mulher poderia, antes da lei, desistir de denunciar seu agressor já na delegacia – por medo de fazê-lo, por ameaça e humilhação. Porém, agora só pode fazer isso perante o juiz;
Medidas de urgência que tiram a vítima do convívio com o agressor – antes da lei, as mulheres ficavam à mercê de novas ameaças e agressões, que poderiam resultar em ela desistir de ir em frente com o processo, por exemplo;
Em 2012, o Supremo Tribunal Federal decidiu que qualquer pessoa pode denunciar violência contra mulher, não apenas a vítima – provando que é necessário, sim, botar colher em briga de marido e mulher.