terça-feira, 24 de agosto de 2021

minha experincia com troca de produtos "com volta"

 


Gostaria de compartilhar minhas experiências em trocar produtos "com volta" aqui em Belém do Pará. Já é a segunda vez que tenho uma péssima experiência com isso. Vou só relatar a última experiência que tive ontem com isso. Um cara se interessou em um dos notebooks que eu tenho pra vender, me fez a proposta de trocar o notebook em um iPhone 6 que aparentemente só estava com problema no botão home, com volta de R$ 250 da parte dele. Aceitei a proposta. Chegando em casa o cara percebeu que o notebook não era bem o que ele queria, principalmente pq não tinha entrada HDMI. Ora, no anúncio dizia que não tinha entrada HDMI mas já queria fazer confusão pq ele tinha perguntado no whatsapp e eu disse que sim, que tinha entrada HDMI (erro meu). Mas pelo modelo, se o cara fosse esperto, teria verificado na internet e conferido que modelo do notebook em questão não tinha entrada HDMI. Pq isso era tão importante? Pq o cara queria o notebook pra conectar na TV pra assistir séries! Não era mais fácil e barato o cara ter comprado uma tv box????

Aí está o primeiro erro: ele deveria ter me dito pra quê especificamente queria o notebook ou eu deveria ter perguntado. Foi um simples erro de comunicação. Bom, até então era só não fechar negócio certo? Errado! O cara teve a cara de pau de me cobrar o Uber que ele tinha gastado pra vir até a minha casa pelo fato de não termos fechado negócio!
Me disse que custou R$ 17 pra ele vir até a minha casa, Eu resolvi dar R$ 20 pra ele pq percebi que ele já estava querendo fazer confusão na minha casa e eu sozinho com meus filhos. Bom, pelo menos me devolveu 3 de troco via pix.
Mas algumas lições tirei com isso:
1-Sempre que alguém te oferecer algo em troca pelo seu produto, mesmo que te dê "volta em dinheiro" desconfie pq geralmente o outro produto deve estar com problemas e, na verdade, a pessoa quer se livrar.
2- pergunte como a pessoa virá até você. Sim, pq se vier de Uber e por algum motivo vocês não fecharem negócio, a pessoa pode ter a cara de pau de te cobrar parte ou a totalidade da corrida.
Talvez alguns de vocês até acham que o cara tá certo em ter me cobrado o uber dele, mas eu achei um ato de má fé.
Ou alguns de vocês vão dizer que fui besta em pagar mas eu prefiro ter paz do que brigar por causa de R$ 17.
A questão é: devemos sempre esclarecer os prós e contras antes de acertar algum negócio.
Eu não gosto de fazer qualquer tipo de negócio com pessoas assim. Já bloqueei o contato pra não ter a mínima chance de voltar a fazer negócio com esse cara.
Eu nunca tive muita sorte com relação à troca de produtos... E você?
Antes de pensar em comentar lembre-se que respeito é bom e todo mundo gosta.
Obrigado.

Alex Rudson

0 comentários:

Postar um comentário