quinta-feira, 5 de março de 2020

Bandido é vítima?



eu acredito no seguinte: A pessoa escolhe ser bandido(a). Quantas pessoas no Brasil preferem capinar um quintal do que assaltar alguém? Algumas? não, muitas! Tem muita gente que se vira nos 30, tem 2 ou 3 empregos, paga caro faculdade, dorme pouco mas VIRAR BANDIDO NUNCA! Porém, temos um grande problema com essa maldita mídia e cultura funk da malandragem que insiste em mostrar pros jovens que eles tem que fazer de tudo pra ter uma vida de luxo, que os pobres são vítimas da sociedade e blá,bláblá... Se Deus te deu saúde jovem, vc pode usar braços e pernas, comece a usar a cabeça para pensar em como ganhar seu dinheiro honestamente! Seja uma pessoa do bem, trabalhador(a), guerreiro(a)! Mostre pra sociedade que vc não é uma pessoa fraca, que se entrega às drogas e o álcool. Vc pode tirar sua família da pobreza, vc pode dar orgulho aos seus pais!! Outro dia eu vi uma pixação de um marginal que assinou assim: "desde 1990 na atividade..." o cara deve ter mais de 30 anos e ainda não tomou vergonha na cara! Tá na hora dos jovens acordarem pra vida!! o futuro do nosso país depende de cada um de nós! Pense em nossas crianças... que futuro vcs querem pro Brasil continuando desse jeito? Eu tenho um amigo que começou a vida vendendo cd pirata. Uma vez ele parou e disse "não posso continuar com isso, vou fazer algo honesto". Vendeu todo o maquinário que ele usava pra fazer os cd's e dvd's piratas e comprou uma roçadeira à motor. Começou a oferecer seus serviços pra limpar quintal, ofereceu no face, no whats, e nas demais redes sociais e classificados. Em pouco tempo ele já tinha sua clientela e faturava 2 ou 3 mil reais por mês. Tirou a habilitação, hoje ele é motorista de ônibus para turista, ganhando honestamente seus 2500 reais, comprou carros e aluga pra uber's... é só um exemplo pessoal. Existem inúmeras formas de ganhar dinheiro honestamente, é só pesquisar por ideias! Então, eu não tenho pena de bandido.


Vejam mais vídeos desse PM:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário